Avenida Camilo de Holanda, 826, Centro - João Pessoa - Paraíba

15/09/2020

Blog

TRT-PB julga recurso do Governo do Estado e mantém sentença judicial que condenou organização social ABBC a pagar médicos da UPA de Santa Rita e UPA de Princesa Isabel  

 

O Tribunal Regional do Trabalho julgou, no dia 15/09, o recurso do Governo do Estado da Paraíba e manteve a sentença judicial que condenou a organização social Associação Brasileira de Beneficência Comunitária (ABBC), contratada pelo Estado para administrar as Unidades de Pronto Atendimento, com subsídio do Governo do Estado, a pagar as verbas rescisórias dos médicos da UPA de Santa Rita e da UPA de Princesa Isabel que tinham contrato com a organização.

A decisão foi graças a uma ação trabalhista ajuizada pelo Sindicato dos Médicos da Paraíba a favor dos profissionais. Os médicos que trabalhavam nas duas UPAS estavam sem receber o pagamento do último mês trabalhado (DE QUANDO, QUAL ANO?) e sem receber ainda as verbas rescisórias devidas.

O SIMED-PB vai continuar lutando para garantir o direito dos trabalhadores que cuidam da saúde da população.