Avenida Camilo de Holanda, 826, Centro - João Pessoa - Paraíba

15/02/2021

Blog

Sindicato pede que prefeitura de Monteiro cumpra lei e pague adicional de insalubridade em grau máximo e adicional noturno para os médicos

O Sindicato dos Médicos da Paraíba encaminhou no último dia 04/02 um ofício à prefeitura da cidade de Monteiro pedindo a implantação do adicional de insalubridade em grau máximo (20%) sobre o vencimento básico do servidor, como determina uma lei municipal (número 1990/2019 – art. 5, inciso II). Para o sindicato, o valor já deveria estar sendo pago desde março, quando surgiram os primeiros casos de Covid-19 na Paraíba, já que os profissionais de saúde estão sofrendo alto risco de contaminação pela doença. Dede o início da pandemia até esta segunda-feira (15/02), 31 médicos morreram vítima da Covid-19 e vários já foram contaminados. O sindicato pede que o pagamento seja retroativo a março/2020.
O ofício enviado para prefeitura de Monteiro também pede a implantação do adicional noturno de 50% aos médicos como determina a lei municipal (número 1645/2011 – art. 73), que garante esse direito aos servidores que trabalham das 22h às 5h.
O SIMED-PB espera que a prefeitura cumpra, com urgência, o que determina a lei, garantindo assim os direitos aos médicos e demais profissionais de saúde que trabalham em Monteiro.
@prefeituramonteiro